Um ano após a morte de Tarcísio Meira, a sua nora conta o drama da família – Her Beauty

Um ano após a morte de Tarcísio Meira, a sua nora conta o drama da família

Advertisements

A nora de Tarcísio Meira e esposa de Tarcísio Filho, Mocita Fagundes, recentemente usou as suas redes sociais para homenagear o falecido sogro. O ator morreu há cerca de um ano após ter sido vítima da covid-19, e no último dia 12 de agosto, Mocita relembrou a vida de Tarcísio. Também na postagem do Instagram, ela abriu o seu coração, revelando o drama e sofrimento da família por conta do falecimento de Tarcísio Meira.

“Tarcisão. Não quero guardar essa data. Não se comemora aniversário de morte. Mas o ano 1 é inevitável, então tu me perdoa…pois há um ano atrás vivíamos um dos dias mais tristes de nossas vidas. Todos nós que te amávamos tanto…mergulhamos num pesadelo”, iniciou a postagem, com um tom de tristeza. 

Após revelar que a família enfrentou um momento complicado, ela contou que Glória Menezes, esposa do ator, sofreu muito em um momento em que só era possível sentir muita dor. Se dirigindo a Tarcísio Meira, Mocita Fagundes disse que a família ainda está aprendendo a viver sem ele e sem o que ele trazia: um olhar amoroso, sorrisos e histórias contadas ao pé da mesa. “Perdemos tudo”, declarou. 

A nora do ator também comentou sobre o que aprendeu com ele, dizendo que se lembra de tudo o que eles conversavam e que sentiu orgulho nas vezes em que o viu no palco. Ela ainda comentou que Glória e o filho eram a vida dele, assim como as fazendas que ele amava, e que ela sempre quer poder lembrar da vida de Tarcísio Meira.

“Um beijo imenso do tamanho do ‘céu dos artistas’ que tu hoje habita. Não passa um dia sequer que eu não agradeça o privilégio que foi eu ter podido conviver contigo e fazer parte dos teus afetos. Obrigada querido. Obrigada Tarcisão. Até um dia”, finalizou.

Tarcísio se revoltou com a Globo

Recentemente, veio à tona que Tarcísio Meira teria se revoltado com a Globo depois que a emissora decidiu continuar gravando a novela De Corpo e Alma, mesmo com o assassinato da atriz Daniella Perez, filha da autora da novela, Gloria Perez.

Loading...

A notícia foi levada à público pela jornalista Carla Albuquerque em uma live no canal Operação Policial, do YouTube, feita após o ressurgimento do caso de assassinato. “Não entendo por que ainda estamos aqui”, detalhou a jornalista. 

Segundo Albuquerque, ela nunca se esquecerá da cena, em que Tarcísio ficou muito irritado com o caso, mesmo sendo sempre um ator focado e que nunca reclamava. “Um dia, ele não se aguenta e fala: ‘não entendo por que ainda estamos aqui gravando essa novela'”, explicou a jornalista. 

Ela ainda destacou que todos que estavam trabalhando na novela ficaram surpresos quando foi dito que as gravações continuariam, mesmo depois da tragédia. “E quando vem do Tarcísio Meira, um ator mais velho, te faz acordar [para o absurdo da situação]: ‘o que estamos fazendo aqui?’ Mas nós [funcionários] não tínhamos escolha e tínhamos que continuar”, ela salientou.

Na narrativa, Tarcísio Meira fazia o papel do protagonista, o juiz Diogo Santos Varela, que vivia uma paixão proibida e escondida pela jovem Paloma, interpretada por Cristiana Oliveira. A paixão surgiu após Paloma receber um transplante do coração de Betina, o grande amor da vida do juiz, que era interpretada pela atriz Bruna Lombardi. A jovem atriz assassinada, Daniella Perez, interpretava Yasmin Bianchi, a queridinha dos fãs, e estava em um momento de ascensão de carreira, que foi brutalmente interrompida.

De acordo com a jornalista, foi um verdadeiro choque de realidade ver Tarcísio reagir da maneira como reagiu, por ser muito profissional e contido. Segundo ela, a equipe ficou devastada. “É no mínimo estarrecedor. A novela se chamava ‘De Corpo e Alma’, mas a alma foi embora. Éramos só o corpo, um bando de zumbis”, contou.

Advertisements